Skip to content

Como Diminuir O Nervosismo na Hora da Prova

Está se preparando para alguma prova importante e se sente mais ansioso a cada dia que passa? Apesar de ser uma tendência comum entre os seres humanos, sabemos que se não conseguirmos diminuir o nervosismo na hora H, tudo pode ir por água abaixo.

Na verdade, é muito normal que surja a ansiedade nesses momentos críticos, e é graças a ela que tomamos consciência de que precisamos agir e ir estudar. Portanto, é importante não problematizar tanto esse comportamento ansioso, ainda mais se for um momento decisivo, como em uma prova de vestibular ou de concursos públicos, por exemplo.

O problema real existe quando nós não conseguimos agir por causa da ansiedade, quando não conseguimos nos concentrar em nenhuma leitura por não parar de pensar na prova. Se isso estiver acontecendo com você, significa que é hora de diminuir o nervosismo.

A seguir, preparamos algumas dicas importantes para diminuir o nervosismo na hora da prova, mas lembre-se de que essas informações não substituem o papel de um profissional psicólogo, que poderia ser muito útil para deixar o seu emocional estável no dia do exame.

O que estudar na semana que antecede a prova?

Não tente fazer uma revisão muito aprofundada na semana da prova, porque provavelmente não irá funcionar e nem ajudar a diminuir o seu nervosismo. Foque naqueles assuntos que são as suas debilidades e revise provas dos anos anteriores.

O estudo para uma prova importante deve ser feito com muita antecedência, deixar muito conteúdo para aprender no último momento é apenas o pé que a sua ansiedade precisava para surgir.

 

Além disso, se for revisar a fundo cada conteúdo, provavelmente terá a sua segurança abalada até mesmo nas matérias que são o seu forte. Isso também não contribui muito para diminuir o nervosismo na hora da prova.

Cuidados para os momentos antes da prova

As 24 horas que antecedem a prova podem ser decisivas para o seu resultado, então tente usá-las ao seu favor. Não tente revisar ou ler aquele conteúdo complicado na véspera, você não vai aprender nada e só aumentará a sua ansiedade.

No dia que antecede a prova, faça coisas que você goste e lhe relaxem. Deixe tudo organizado para o dia seguinte e certifique-se de que não está esquecendo nada.

Quando chegar o dia da prova, acorde com tempo o suficiente para fazer tudo o que precisa ser feito e com calma. Não planeje o horário para sair com o tempo apertado, deixe sempre uma brecha de 30 minutos (pelo menos) sobrando.

Alimente-se bem e faça um check-in de tudo o que precisa levar. A chave para diminuir o nervosismo é não dar oportunidade para que coisas estressantes ocorram e possam lhe prejudique: quando chegar ao seu local de prova vá logo procurando a sala que lhe corresponde, arrume-se da maneira mais confortável e espere o início da prova com tranquilidade.

Previna-se!

Quando as provas são longas, é muito normal que fatores externos influenciem negativamente no seu rendimento, portanto tenha atenção aos detalhes. Por mais que more em um lugar que seja calor, leve um casaco quando for realizar a prova, porque muitas vezes o ar condicionado é muito forte e você pode ter o azar de sentar bem na direção do vento.

Leve água e alguma coisa leve para comer (as barrinhas de cereais são a melhor opção). A fome pode ser traiçoeira e sair para tomar água no bebedouro do próprio local da prova pode afetar a sua concentração.

Tenha estratégias para a hora da prova

Você esperou muito tempo por essa prova, então não desperdice essa oportunidade. Encare com seriedade e não vá de mãos abanando no dia do exame – crie a sua estratégia lógica de resolução de questões, tenha consciência do que está fazendo e verá como irá diminuir o nervosismo.

Veja quanto tempo tem de prova e divida bem os períodos de tempo que poderá dedicar a cada questão. Se tiver que marcar cartão resposta, considere deixar pelo menos 30 minutos para fazer isso, é o suficiente para marcar com atenção e revisar.

Comece a prova pelos assuntos que você tem mais conhecimento, garanta logo esses pontos. Se tiver que realizar questões discursivas ou uma redação, comece a prova com essa parte e só depois parta para as de múltipla escolha.

Não problematize a ansiedade na hora da prova

Como foi dito no início desse artigo, por mais que você queira diminuir o nervosismo na hora da prova, é inevitável que se sinta ansiosa, ou ansioso, enquanto está resolvendo as questões. Portanto, não problematize se sentir que aumentou o nível de adrenalina no seu corpo, então tire vantagem disso e aproveite para agir e continuar realizando a prova.

Se eventualmente lhe der um branco em alguma questão, pense que é apenas uma coisa de momento, super normal na situação em que você vai estar. Parta para outra questão, espere passar o pânico e depois volte para aquela que lhe estancou.

Embora a ansiedade seja uma companheira muito fiel dos estudantes, principalmente na hora da prova, há coisas que podemos fazer para que ela seja amenizada. Coloque em prática essas dicas para diminuir o nervosismo e tenha o seu melhor desempenho no exame!